Com a profusão de redes sociais e recursos que muitas vezes se sobrepõem, é natural uma empresa se questionar sobre quais redes apostar em sua estratégia de Marketing Digital. Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, Youtube, Google+, LinkedIn, Pinterest, Tumblr, Slideshare… Só para nomear as principais! Além de ter que escolher em quais canais estar, é preciso também encontrar o conteúdo certo para cada um deles.

O primeiro passo é se perguntar: qual é o meu objetivo principal ao entrar nas mídias sociais? Gerar conhecimento de marca? Gerar leads? Vender mais?

Obviamente que todos esses objetivos podem estar presentes, mas é essencial definir o mais importante para que a escolha seja mais acertada e sua estratégia, vencedora.

O segundo passo é se perguntar: quem é o meu público-alvo? Descrevê-lo em termos demográficos e comportamentais é etapa fundamental para construir uma estratégia de Social Media. Algumas redes são mais acessadas que outras por um determinado público e na hora de priorizar onde postar, essa informação é valiosa.

Para entender qual rede é usada por qual público, veja o estudo Digital in 2016, da We are social.

O terceiro passo é definir qual tipo de conteúdo a empresa irá postar. Para vídeos, por exemplo, nada melhor que o Youtube, que, desconsiderando os apps de mensagens, é a segunda rede mais acessada do País, com 21%, segundo o estudo Digital In 2016.

Para alguns tipos de empresas faz sentido estar numa determinada rede pois é lá que as pessoas vão buscar informações sobre certo produto ou serviço. O Pinterest pode fazer toda a diferença para impulsionar tráfego para um e-commerce. Já o LinkedIn é perfeito para estratégias B2B.

Entender a vocação de cada rede social pode fazer a diferença para uma estratégia vencedora.

A imagem abaixo pode ajudar nisso. Os dados de público estão um pouco desatualizados, porém, ainda assim é relevante:

Fonte: Snyder Group

Em quarto e último lugar, é preciso se perguntar: minha empresa terá recursos suficientes para postar em todas as redes escolhidas? É importante definir uma frequência para cada canal e mantê-la. Criar o hábito nas pessoas de acompanhar sua empresa nas redes fará toda a diferença. Frequência e consistência são tudo!

Esse é um erro muito cometido pelas empresas: entrar em uma nova rede só pelo momento e depois se esquecer de atualizá-la. É melhor apostar em duas ou três e mantê-las atualizadas e com conteúdo coerente com o canal do que ter conta em todas e postar um conteúdo meia boca.

E se eu puder escolher apenas uma rede social, em qual apostar? Certamente essa é uma pergunta complicada mas eu diria: Facebook, pois ele conta com o maior público das redes e permite postar diversos tipos de conteúdos, de vídeos a gifs, passando por textos curtos e longos.

Se você quiser se aprofundar no assunto, sugiro ver esse infográfico: 115 coisas que você precisa saber sobre Mídias Sociais.

cta-post-guia-planejamento-marketing-digital
Posts relacionados