O que é Automação de Marketing?

Automação de Marketing ainda é um termo pouco usado, principalmente em ambientes não digitais. Quem sabe você tenha até ouvido falar, mas não sabe exatamente o que é ou para o que serve. Mas tudo bem, vamos explicar aqui nesse post tudo o que você precisa saber!

A Automação de  Marketing surgiu na década de 90, mas está ganhando força somente agora e já evoluiu nos mercados mais maduros de marketing digital. Esse termo se refere a softwares que tem como objetivo automatizar tarefas de marketing, a fim de ganhar escala e facilitar o trabalho da equipe!

Em outras palavras, é uma estratégia do marketing para otimizar o tempo da equipe e, consequentemente, recursos da empresa. É a união entre processos e tecnologias com objetivo de aumentar a eficiência dos resultados!

Han?

Pense da seguinte forma: a base do Inbound Marketing é o relacionamento com seu público. Esse relacionamento pode ser feito em diversos canais, como blog, redes sociais, e-mail marketing, sites etc.

Porém, todos esses canais precisam de atualizações constantes. Se algo fica perdido ou sem atualização, a marca corre o risco de perder clientes – e dinheiro!

Mas, como atualizar tudo e ainda nutrir seus leads com e-mail? Como responder a todos os comentários e mensagens? Como publicar posts no dia melhor dia e horário para engajamento? Como falar com todas as pessoas que abandonam o seu carrinho de compra sem motivo aparente?

Praticamente impossível fazer tudo isso bem feito e sem deixar alguma coisa escapar. E, como o esforço de toda equipe é muito grande para manter tudo isso em ordem, a Automação de Marketing surgiu para otimizar tempo e consequentemente ajudar a empresa a ganhar mais dinheiro, automatizando alguns processos.

Para te ajudar a entender melhor, vou explicar porquê, como e dar alguns dados que mostram como isso é importante dentro da sua estratégia de Marketing!

Por que fazer?

O principal motivo de fazer Automação de Marketing é que ela te ajuda a ganhar mais dinheiro! Como?

A automação de Marketing ajuda no relacionamento direto com o cliente, não perdendo as oportunidades que chegam até seu site ou rede.

Por exemplo, podemos criar um fluxo de e-mail para clientes que vão até o seu site, incluem um produto no carrinho mas não finalizam a compra, com uma mensagem super simples e direta: “Vimos que você não concluiu a compra, aconteceu alguma coisa? Podemos te ajudar?” ou algo do gênero.

Com isso, o cliente não fica sem comunicação, “perdido” e recebe mensagens segmentadas (de acordo com o que ele está procurando, já que a automação de marketing é usada de forma inteligente) e ajuda a aumentar as vendas da empresa, ganhar tempo e consequentemente criar mais ações para geração de novas oportunidades.

Além disso, também ajuda na definição de prioridades do time de marketing que, graças a automação, consegue dar importância a tarefas que não podem ser automatizadas e precisam do intelecto humano para serem feitas.

Alguns dados da  Nucleus Research mostram que empresas que usam a automação de marketing no seu dia a dia, podem presenciar um aumento de até 6,9% na produtividade da equipe! A pesquisa também mostra que o tempo gasto vendendo aumenta em 22%, ou seja, seus vendedores vão passar mais tempo com potenciais clientes, o que vai gerar em média 25% a mais de receita.

A Automação de Marketing facilita todos os processos da sua empresa, deixa sua equipe mais livre para pensar, ajuda nas vendas e otimiza os recursos.

Como fazer

Podemos usar a automação de marketing de diversas formas, como nutrição de leads através de fluxos de e-mails, postagens em mídias sociais e blogs, comportamento do usuário, monitoramento do tráfego, etc.

Mas para fazer uma automação de marketing bem feita, você pode seguir alguns passos que são essenciais para começar:

1.Tenha uma ferramenta para te auxiliar

Você pode usar diversas ferramentas para automatizar processos, mas é importante que você tenha os dados reunidos em uma só. Assim você consegue analisar mais facilmente o que está dando certo, o que está dando errado.

2. Planeje

Toda ação de marketing começa com um bom planejamento!

Defina objetivos da empresa e os objetivos que você quer alcançar com o marketing. Analise os relatórios atuais, faça uma visão geral de como está o site da empresa e a empresa com o um todo.

Liste as metas que vão te ajudar a atingir os objetivos e como você vai falar com o seu público.

3. Canais de Contato

Depois, rastreie todos os seus pontos de contato entre você e seu cliente. O que dá mais retorno? O que dá menos? Onde precisa melhorar? Porque, qual o objetivo de todos esses canais?

4. Segmente

Se você ainda não tem suas personas desenhadas, não espere nenhum minuto a mais para começar a fazer isso! Saiba quem são, onde estão, o que precisam, hábitos. Monitore seus clientes e saibam o que eles estão comprando e deixando de comprar.

Com base nesses dados, segmente cada persona e envie mensagens diferenciadas de acordo com cada momento da jornada de compra. Sempre personalize a mensagem com nome e fale com seu cliente de forma inteligente, que atraia ele de volta pra sua empresa!

5. Automatize

Automatizar processos não é tão simples, exige esforço e planejamento para que nenhuma mensagem seja enviada de forma incorreta.

Com o planejamento e as segmentações feitas, crie os fluxos e mensagens que serão enviadas a cada segmento.

Automatize os processos que exigem um esforço muito grande para manter a comunicação com seu público – e-mails de nutrição, posts em mídias sociais, blogs, etc -, ações que sejam repetitivas, operacionais e individuais – perguntar se um cliente precisa de ajuda para finalizar a compra.

A automação de marketing é como a automação na produção de um carro, por exemplo, alguns processos são automáticos, pois não exigem estratégia, humanização, intelecto.

6. Mas não automatize tudo

Nem tudo pode ser automatizado!

Mensagens automáticas nas redes sociais, por exemplo, na maioria das vezes não são bem vistas, já que o público que está lá quer exatamente o contrário: interagir com a marca. Se for preciso, coloque alguém só pra essa função: responder e ficar atento às mensagens e comentários nas suas redes sociais.

Mesmo que você automatize alguns processos de e-mail, algumas respostas têm que ser humanizadas. Reclamações, dúvidas ou algo que requer mais atenção, devem ter o contato humano muito próximo para evitar consequências ruins futuras. Até mesmo o retorno de um e-mail automático, mas que foi direcionado para uma pessoa dentro da sua empresa, deve ser respondido pela própria.

Conclusão

A Automação de Marketing veio pra ficar! E para melhorar os processos, vendas, agilidade e otimizar recursos dentro da sua empresa.

Porém, mesmo com todas essas melhorias que a automação nos traz, não devemos deixar de humanizar nossas marcas, respondendo sempre de forma rápida e eficiente.

Além disso é sempre muito importante ficar de olho se as ações de automação estão sendo efetivas para sua marca, se estão trazendo resultados positivos. Analisar relatórios e atualizar suas campanhas é de vital importância para manter seus clientes felizes e engajados 🙂

cta-dicionario-termos-inbound-marketing-post-blog-min